fbpx

O que é inteligência cognitiva?

Você já ouviu falar em inteligência cognitiva e em como as crianças podem desenvolvê-la? De forma resumida, podemos dizer que se trata da capacidade de utilizar as informações às quais se tem acesso. Desse modo, a criança é capaz de manipular os conhecimentos que recebe e de apresentar uma determinada postura frente a eles.

A inteligência cognitiva, de maneira geral, auxilia na criação de novos conteúdos, com base na atividade da pessoa e permite um novo olhar em relação às experiências já vividas, de forma que as situações sejam analisadas sob um novo ponto de vista.

Em relação às crianças, particularmente, existem diversas maneiras de se estimular o desenvolvimento da inteligência cognitiva.

As atividades básicas da inteligência cognitiva

inteligência cognitiva

A inteligência cognitiva é estruturada em duas categorias: atividade criativa e atividade reprodutiva. Conheça melhor cada uma delas.

Atividade criativa

Nesse tipo de atividade, a criança cria determinadas circunstâncias que ainda não foram vivenciadas por ela e que, portanto, ainda não tem nenhuma experiência. Assim, as situações são produzidas com base na criatividade que ela apresenta. Isso é algo que pode ser observado com frequência nas ações dos pequenos.

Atividade reprodutiva

Como o próprio nome sugere, nesse tipo de atividade, a criança reproduz situações em que já tem conhecimento. Essas ocorrências se encontram previamente estabelecidas com base no ambiente em que ela está, no seu relacionamento com outras pessoas, nas suas experiências pessoais e nas informações adquiridas ao ler livros (no caso de já estar alfabetizada), por exemplo, entre outros fatores. Tanto as crianças quanto os adolescentes costumam realizar ações que se encaixam nessa categoria.

A forma como as crianças podem desenvolver a inteligência cognitiva

A inteligência cognitiva é algo que as crianças podem desenvolver. Para que isso aconteça, elas devem estar em constante aprendizado, abertas a novas experiências e a novos conhecimentos, de forma que suas mentes se mantenham sempre em atividade.

Elas podem participar de cursos de idiomas e de programação, por exemplo, ou de outras atividades que estejam de acordo com sua faixa etária e com seu interesse. Também podem sair de sua zona de conforto e entrar em contato com algo que nunca consideraram conhecer ou experimentar. É muito importante lembrar que a inteligência cognitiva pode ser desenvolvida em todas as fases da vida.

Comprar Lousa Mágica

A criatividade e as atividades básicas da inteligência cognitiva

Em poucas palavras, a criatividade pode ser definida como a capacidade de criar. Por meio dela, é possível que a criança transforme aquilo que já existe, como elementos, conceitos e objetos, em algo novo, que vai contribuir para resolver problemas que surgem no dia a dia.

As crianças tendem a ser criativas por natureza, conseguindo dar vida àquilo que, até então, pertencia apenas ao campo das ideias. Assim, surge uma nova realidade, muitas vezes, a partir de materiais e técnicas que ninguém imaginaria poder utilizar com uma finalidade diferente da usual.

É interessante compreender que a criatividade é uma habilidade que pode ser desenvolvida — e as crianças, por serem altamente abertas e responsivas ao novo, vão bem nessa tarefa quando encorajadas e estimuladas. Além disso, a criatividade não tem uma relação direta com o nível de inteligência apresentado pela criança ou com o ano de escolaridade em que ela se encontra, sendo importante considerar a área de atividade que é do seu interesse.

Isso porque quando alguém está em contato com aquilo que gosta (como as brincadeiras, no caso dos pequenos), mais oportunidades de fazer uso do seu talento e da sua criatividade vão surgindo. Dessa forma, é muito importante observar os assuntos, as matérias escolares, os jogos e as brincadeiras que despertam o interesse das crianças e que podem constituir um estímulo para que elas desenvolvam a inteligência cognitiva e a criatividade.

As principais habilidades cognitivas

Aprendidas ao longo da vida e do desenvolvimento humano, as habilidades cognitivas tratam da forma como as informações são entendidas, assimiladas e compreendidas por um indivíduo.

Essas habilidades servem para que a pessoa aprenda novas informações e resolva problemas. Avaliar o desenvolvimento das habilidades cognitivas nas crianças pode, por exemplo, servir para monitorar e identificar dificuldades de aprendizagem ou outros problemas. Entre elas, estão:

  • memória
  • percepção
  • observação
  • foco
  • atenção
  • reconhecimento
  • percepção auditiva
  • planejamento
  • inibição
  • flexibilidade
  • solução de problemas
  • pensamentos simbólicos
  • raciocínio lógico

Dicas para desenvolver essas habilidades por meio da criatividade

Incentive o uso de jogos de raciocínio

Os jogos de raciocínio da Lousa Mágica podem ser uma excelente ferramenta para facilitar a assimilação de conteúdos, estimular as habilidades cognitivas e exercitar a criatividade. Essa é uma maneira mais lúdica da criança aprender. Os jogos podem ser uma forma, inclusive, de incentivar o pensamento crítico, já que a criança tem que lidar com regras, riscos e escolhas. Assim, ela estimula também a sua habilidade de resolver problemas.

Crie brincadeiras de adivinhação

As adivinhações são um excelente estímulo para a criatividade e a imaginação infantil, bem como trabalham de maneira intensa as habilidades cognitivas, como associação de ideias, memória, abstração e processo de coordenação.

Não se esqueça das atividades ao ar livre

As atividades ao ar livre criativas também contribuem para que a criança desenvolva as habilidades cognitivas. Uma caça ao tesouro ou um projeto de jardinagem, por exemplo, servem para trabalhar a atenção e o foco dos pequenos, bem como o senso de cooperação e outras capacidades importantes.

Estimule as atividades extracurriculares

As atividades fora da sala de aula são uma excelente maneira de estimular as habilidades cognitivas e a criatividade das crianças. Muitos alunos, que têm dificuldades em classe, encontram nos cursos extras um espaço para aprender de forma mais lúdica. Há diversas opções, como esportes, dança, música, línguas estrangeiras, programação etc. Veja o que mais atrai o seu filho e o que pode desenvolver as habilidades desejadas.

Além disso, na sessão Atividades aqui do site, estão disponíveis diversas atividades que irão estimular o desenvolvimento da inteligência cognitiva e da criatividade. O importante é que a criança se envolva na atividade!

Para apronfundar mais sobre o assunto, leia esse artigo sobre cognição.